(12) 3966-2823contato@aamu.org.br

Projeto Pró Bairro

Missão

Promover a Gestão Participativa da Comunidade no Município de São José dos Campos através de representantes de bairros envolvendo Empresários, Empreendedores, Profissionais Liberais, Conselhos Municipais e Gestores Públicos objetivando o crescimento local ordenado e contribuindo com a melhoria da qualidade de vida da população através de Lei “Plano de Bairro Participativo – PRÓ BAIRRO“.

Objetivos

Criar e implantar PLANO DE BAIRRO PARTICIPATIVO com planejamento de modo estratégico para o desenvolvimento urbano com abordagem das questões ambientais, educacionais, sociais, econômicas, culturais e de saúde, para benefício de todos;

Implantar Plataforma Colaborativa de apoio à formação e capacitação de novos líderes comunitários;

Incentivar a elaboração e implantação de políticas públicas com metas concretas de crescimento e sustentabilidade com ações integradas nos níveis locais, regionais;

Selecionar prioridades apropriadas às realidades e necessidades de cada bairro e região, que deverão ter em atenção o respectivo impacto local impedindo a especulação imobiliária desenfreada que assola todas as regiões;

Promover processos locais e regionais participativos, no sentido de identificar metas específicas e horizontes temporais para monitorar os resultados alcançados, bem como a participação da comunidade local na tomada de decisões relativas a economia urbana com a preservação dos recursos naturais, a equidade social, o correto ordenamento do território, a mobilidade urbana, entre  outros aspectos relevantes.

Panorama

O Brasil tem um universo de 5565 prefeituras. Nas capitais e grandes cidades, os administradores públicos, em geral, já contam com algum tipo de sistema para ajudá-los a controlar o enorme volume de informações que circula pelo órgãos e secretarias da máquina administrativa. Mas, em boa parte das prefeituras do país, informações importantes para a tomada de decisões simplesmente não estão disponíveis.

E, para que isso ocorra, não basta implantar um sistema automatizado a gestão de determinadas áreas ou departamentos. É preciso atribuir inteligência aos dados gerados pelos sistemas – o que começa no levantamento das necessidades dos cidadãos, que devem alimentar uma base de dados única para todos os órgãos da administração pública.

Mais do que isso, é fundamental manter esses dados atualizados e, ainda, fazê-los chegar ao destino certo. Aí entra a necessidade de uma infraestrutura participativa de comunicação adequada, capaz de permitir o tráfego das informações entre as diversas áreas da máquina municipal – em geral, dispersos e fisicamente distantes uns dos outros. É sobre esse alicerce que a administração púplica poderá construir uma base sólida para os serviços a serem oferecidos aos cidadãos. E isso sem se desviar das exigências legais do país, que é  obrigada a cumprir.

Apoiar o Poder Público com informações adequadas disponíveis no momento, no lugar e na forma necessária é um dos objetivos do PROJETO PRÓ BAIRRO.